14 de mar de 2012

Momento ciência: Creme de veneno de cobra?!

Oii Gente!


Vim aqui inaugurar nossa seção de ciência e saúde! Juro que vai ser legal!!




A notícia pode ser meio antiguinha, mas a discussão é super atual! Quem já ouviu falar que a nova onda entre as celebridades são os cremes anti-rugas à base de veneno de cobra? É, é isso mesmo!
O creme mais usado é o da marca inglesa Rodial, o Glamoxy Snake Serum, que possui em sua fórmula veneno de cobra cascavel! Nesse site aqui, achei a seguinte explicação: 


"Depois de um processo de purificação, o veneno da cobra cascavel é transformado em creme. Quando aplicado na face, é responsável por paralisar as rugas, dando o mesmo efeito que a toxina botulínica (conhecido por Botox). Além disso, o veneno da cobra também inibe o envelhecimento da pele e diminui a formação dos famosos – e indesejados – pés de galinha."


Esse tipo de substância vêm sendo usada por muitas celebridades nos EUA e na Europa como alternativa à cirurgia plástica e às injeções de botox, por ser mais cômoda, indolor e rápida, já que sua ação é quase instantânea. 

Mas será que não tem perigo??


Bom, como toda substância biológica, o veneno apresenta propriedades que devem ser muito bem estudadas antes de se colocar à venda um produto como esse. Vale esclarecer que esse creme é feito a partir de cobras criadas em laboratório, o que já elimina, ou melhor, diminui muito o risco contaminações indesejáveis (como vírus e bactérias) nos animais. Além disso, não é o veneno em si que é utilizado, e sim alguns aminoácidos presentes nele que possuem a capacidade de bloquear os sinais nervosos que causam a contração muscular. Dessa forma, a formação de rugas na pele é evitada. Existe uma lei que permite que apenas 4% do produto possua substâncias do veneno, o que já é suficiente para causar seu efeito lifting.




Os produtos da marca inglesa Rodial que são feitos à base de veneno de cobra, nas formas de sérum, caneta e máscara

Apesar de ter virado queridinho de muitas celebs, como Demi Moore, Angelina Jolie e Penélope Cruz, esse produto também já foi alvo de polêmica entre as agências de saúde. Em Portugal, dois sabonetes que possuem o mesmo princípio ativo foram retirados de circulação por conter em sua embalagem falsas alegações de que o produto causaria "redução de 82 por cento nas rugas por contração muscular" (veja aqui). Não consegui descobrir se a única causa da retirada foi o conteúdo da embalagem, ou se descobriram algum composto químico passível de provocar injúria (mas acredito que não).


De qualquer jeito, essa nova moda parece estar pegando de vez! Achei em vários sites cremes à venda que alegam ter em sua composição o veneno de serpente, como esse aqui do Peru. Também descobri que existem cremes de baba de caracol, caviar, bambu e pó de topázio (!). Caramba!


Bom, diante de tantas novidades no mundo cosmético, vale sempre ficar de olho antes de se jogar em novas tecnologias, mesmo porque a concorrência na indústria farmacêutica e estética hoje é tão acirrada que muitos laboratórios colocam à venda produtos que ainda não passaram por uma fase de testes completamente segura (isto é, lançam antes de saber realmente se aquele produto faz mal ou não à população!!). Portanto, consumam com consciência! =]


Para quem quiser ler mais: esse, esse e esse link falam mais sobre o assunto!


Beijoos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário